Narração oral

“…por fim Bree disse, “E agora, Tarkheena, conta-nos uma história…” E ela começou, sentada e imóvel, num tom e num estilo bastante diferente do usual. Porque em Calorman contar histórias (não importa se verdadeiras ou inventadas) é algo que se aprende na escola, tal como raparigas e rapazes ingleses aprendem a escrever ensaios. A diferença é que as pessoas querem ouvir histórias, enquanto que nunca ouvir falar de quem gostasse de ler ensaios.”
C.S. Lewis, Crónica de Nárni
A narração oral tem um potencial imenso na aquisição de competências-chave, como a aptidão comuncacional e o vocabulário na língua-mãe e em línguas estrangeiras, a compreensão intercultural, a consciência e expressão cultural, as competências multimédias,a imaginação e a criatividade, etc.
O projeto TALES acredita que a escola onde a educação é oferecida em parte através da utilização da narração oral chegará melhor ao aluno, sendo capaz de o motivar pela informalidade, pela interação e pela criatividade, e que a valoração da multiculturalidade e um maior nível de motivação poderá resultar numa melhor integração e numa redução do abandono escolar, melhorando os níveis de aprendizagem de alunos em contexto de imigração.
Compatible with Internet Explorer (version 8 and higher), Firefox, Chrome, Safari.